30 setembro 2020

A savana africana: vamos saber mais

Olá turma...Estão gostando das novidades do continente africano? Quantas curiosidades e descobertas não é mesmo! A professora Claudia Labate relata que o que mais gosta daquele continente é ficar observando a SAVANA AFRICANA. Um lugar realmente mágico e cheio de surpresas. E você o que sabe sobre a savana africana?


As savanas correspondem a um tipo de cobertura vegetal, formada predominantemente por vegetação rasteira, donde se destacam as gramíneas, ervas, arbustos e árvores esparsas. As savanas são biomas geralmente planos, encontrados em quase todo o planeta: nos continentes: africano, americano e na Oceania. Seu clima geralmente é quente, com temperaturas entre 20 e 30 graus Celsius. Seu solo avermelhado é rico em ferro e, como o seu relevo é plano, nas épocas de chuva, que são muito frequentes, geralmente se formam pântanos. 

29 setembro 2020

Animais nas sombras

É fato que muita gente, quando ouve a palavra África, logo se lembra de diversos animais e savana. Essa é uma forte característica deste gigante continente, suas incríveis belezas naturais. A fauna é muito variada, apreciada e presente em diversas histórias, contos, lendas e registros das sociedades locais. No vídeo de hoje a professora Daniely Nobre traz um conto africano sobre animais pertencentes àquela fauna. Foi o escolhido por seus filhos como o preferido deles, entre alguns que já li para eles deste gênero. 

Mas ainda há muitos outros para conhecerem. Existem vários livros infantis e infanto-juvenis com contos que trazem os animais, personagens que sempre encantam o público infantil, como protagonistas e mensageiros da sabedoria, crenças e valores sociais dos povos africanos. 

28 setembro 2020

Baobá: já ouviu falar!

Olá! Quanto temos aprendido sobre o continente africano não é mesmo? E quanto ainda teremos a  pesquisar e aprender sobre esse rico continente, que inunda e enriquece nossa história. Hoje a professora Daniela Maia vai contar um pouco de sua pesquisa acerca do Baobá, uma árvore milenar, originária da ilha de Madagascar, símbolo da luta e resistência dos povos africanos por igualdade e justiça. Talvez, o Baobá ocupe esse lugar simbólico, por ser grandioso e robusto, enorme no tamanho e na beleza que encanta o olhos de quem vê, assim como uma luta deve ser: grandiosa e bela! Vamos juntos(as) aprender mais e mais sobre essa lindeza da natureza: O Baobá!

Para além de todos os saberes dos quais que pudemos nos aproximar até aqui acerca do continente africano, o Baobá é mais um deles. Ele atravessa o tempo e as artes! Ocupa os livros, o cinema, a poesia e a memória de cada um de nós. 

25 setembro 2020

Série: Uma imagem...muitas histórias

Olá! A sexta-feira chegou e com ela mais um episódio da nossa série Uma imagem...muitas histórias. Na postagem de hoje fazemos um convite a reflexão, na verdade uma provocação! Inspiradas na obra Humanae de Angélica Dass, brasileira, carioca, brilhante, que com sua obra (sem data para finalizar, em constante construção) invoca nosso olhar e nossas emoções a perceber que para além da cor preta, branca, amarela, rosa ou bege, a paleta dos tons de pele humana não tem fim e vai muito além dessa caixinha de cores pré determinadas. Um belo convite para pensarmos em nossa condição humana para além da racialização, do racismo estrutural, que nos opõe, discrimina, exclui e gera violência. Nesse sentido, e inundados de inspiração pela obra Humanae, buscamos fazer a releitura, a aproximação da poética pensada por Angélica Dass, com as fotos de nossas crianças, enviadas pelas famílias. Vamos ver o resultado dessa proposta:


E então? Temos certeza que ficaram encantados com o resultado! Nos parece equivocado que apenas um lápis dê "conta" de representar tamanha diversidade. Nosso empenho cotidiano é propor experiência às crianças que as façam pensar e repensar acerca dessa questão. E como diz a própria Angélica Dass

“Quero captar as nossas cores de verdade, no lugar de sermos etiquetados como branco, preto, amarelo, vermelho, associados a raças"

24 setembro 2020

Brincadeiras africanas

As brincadeiras africanas e afro-brasileiras trazem consigo características, valores e identidade. Inserir elementos culturais africanos ao nosso repertório enriquece e valoriza também nossa cultura. Apresentar jogos e brincadeiras africanas para nossas crianças é permitir que elas conheçam e se apropriem do legado desse povo e o quanto eles foram importantes para a construção do nosso país culturalmente. 


As brincadeiras passadas de geração em geração, que encantam e ensinam muitas pessoas até hoje são responsáveis por não permitir que esta herança fique esquecida. Nesta proposta a professora Carla Bregola apresenta a importância dos jogos e brincadeiras para o desenvolvimento infantil, isto é, a relevância que estas atividades têm para o desenvolvimento afetivo, social e cognitivo das crianças, pois além de fazerem parte do universo infantil, as mesmas permitem que as crianças interajam com os indivíduos que fazem parte de seu cotidiano. Com as brincadeiras africanas as crianças desenvolvem a imaginação, o movimento, a identidade, a autonomia e a linguagem. Além disso, compartilham experiências, ajudam-se mutuamente, buscam solucionar problemas, respeitar seus limites e os dos outros. 

23 setembro 2020

Mancala: um jogo africano

Olá. No vídeo de hoje a professora Nabile Claro vai nos ajudar a conhecer um pouco sobre o jogo Mancala Awele. Mancala é uma definição dada pelos antropólogos a um grupo muito numeroso de jogos cultivados no continente africano e que guardam entre si semelhanças nas regras. Há mais de duzentas diferentes famílias de mancalas e tiveram origem no Egito. É um jogo de raciocínio e em cada região onde é jogado, o mancala é conhecido por um nome diferente. 

O jogo foi confeccionado com: seis quadrados de duas cores diferentes do tamanho de 6 cm e dois retângulos  da mesma cor que os quadrados de 12 cm de comprimento e 6 cm de largura. O tabuleiro fiz com papel craft no tamanho de 50 cm de comprimento e 18 cm de largura. Você pode usar como peça o que você tem em casa: grãos, pedrinhas, botões, entre outros.

22 setembro 2020

Artes: Mandala com grãos

Olá! Hoje vamos conversar sobre Mandalas! As mandalas são "desenhos", que partem de um ponto central em volta do qual se estabelecem formas mais ou menos simétricas. Por sua circularidade, lembram rodas. Ela pode ter valor decorativo ou, no caso de algumas culturas, até mesmo ter valor espiritual. Elas são muito comuns  na China, no Tibet, na Índia e também são utilizadas pelos povos originários da América e da Austrália que relacionam a confecção de mandalas com as energias da vida e com o meio ambiente pois entendem que elas e favorecem o nosso bem-estar, melhorando nossa saúde e até, promovendo a paz interior. na proposta de hoje, a Professora Laís traz a confecção de uma mandala com feijões, mostrando que esse e outros grãos podem se tornar arte.

"A mandala possui uma eficácia dupla: conservar a ordem psíquica se ela já existe; restabelecê-la se desapareceu. Neste último caso, exerce uma função estimulante e criadora." (Carl Jung)

https://1.bp.blogspot.com/-6XvqrgRUtmE/XpAnsq0hy8I/AAAAAAAAOMM/XQaf2shwZRQ_UjLVPe3AFHYV0yisWRzRACLcBGAsYHQ/s1600/footer2.png