30 julho 2020

Identidade: o jeito de ser de cada um

Olá, olá! Hoje vamos continuar falando sobre identidade. Começamos a semana aprendendo a fazer uma cápsula do tempo, e a árvore genealógica da família. Ontem aprendemos a brincar com nossos nomes, nos aproximando, de forma lúdica, da nossa história. E como podemos colaborar para essa construção da identidade das crianças? Muitas e muitas vivências podem ser propostas às crianças, como revisitar álbuns de família, ter espelho ao seu alcance, ouvir suas próprias histórias, ter uma diversidade de riscantes e suportes para que possa representar-se, construir um diário, um livro de memórias, enfim muitas experiências são possíveis para colaborar na construção da identidade das crianças. E por falar em experiências, a Profª Daniely nos traz algumas ideias, oba! Vamos conferir:

    

A construção da identidade das crianças se dá, especialmente, por meio das interações que ela estabelece com o mundo que a cerca, num primeiro momento no seio da família e logo depois, na escola e demais espaços públicos como praças, museus, entre tantos outros. 
A autoimagem positiva das crianças é construída a partir das relações que ela estabelece nos grupos em que convive. Assim um ambiente repleto de interações, que acolha as particularidades, as especificidades, as singularidades de cada indivíduo, promova o reconhecimento das diversidades, aceitando-as e respeitando-as, favorece a construção da identidade das crianças. Se ela tem a oportunidade de viver em espaços que reconheçam seu potencial, que a escute e leve em conta seus sentimentos e ideias e que ela possa reconhecer-se é um espaço vivo, potente e que colabora na construção de sua identidade. 
Vamos dar continuidade ao nosso tema de uma forma  diferente e especial, contando uma história por meio de um Podcast. Aqui, apertar o play é como abrir as páginas do livro, então com vocês Zeropeia, de Hebert de Souza.


As histórias tocam nossos corações. Quanto pudemos aprender com a centopeia, que dando ouvidos aos conselhos dos outros, foi perdendo sua identidade, suas características, seu jeito de ser. Por vezes isso pode acontecer com a gente, se permitimos que alguém dite a maneira certa de ser e estar no mundo. Não podemos permitir que isso aconteça de maneira alguma. Por isso a importância dessa temática desde a primeiríssima infância. Ensinar as crianças a valorizarem seus traços, suas características, sua ancestralidade, sua história é dever de todos(as) que convivem com ela. 


"...ofertar às crianças representações gráficas, literárias, científicas e artísticas que contemplem essa diversidade, para que encontrem nos textos lidos personagens que protagonizem diferentes histórias. Dessa forma, bebês e crianças se reconhecem em suas identidades e podem compreender a diversidade étnica racial do mundo como uma grandeza de experiências e possibilidades. A escola é espaço de formação e de construção das identidades sociais dos bebês e das crianças, que se compromete com a transformação social..." Currículo da Cidade-Educação Infantil p.44

Desafio #1: Para aquecer o coração com arte

O grupo Grandes Pequeninos tem uma canção intitulada "Normal é ser diferente" que traduz muito bem tudo que abordamos até aqui, ela já faz parte do repertório das crianças, pois a ouvimos em nossa escola. Vamos relembrar e cantar.  



Assim como todas as nossas propostas aqui no blog, os desafios não são de caráter obrigatório e nem precisam ser realizados em um mesmo dia, são sugestões para dar continuidade a temática abordada, para diversificar a rotina, mantermos a nossa conexão com a escola e que podem ser complementadas de acordo com suas necessidades!

Não se esqueça de fazer filmagens, tirar fotografias e enviar via WhatsApp! Vocês podem também nos encontrar no Google Classroom (para aprender a acessar, clique aqui)! Convidamos todas e todos a preencher o nosso questionário: ele nos dará pistas para descobrir como poderemos auxiliá-los neste momento tão complicado!

Roteiro, texto, seleção de materiais: Daniela Maia e Daniely Nobre 
Criação e edição do Podcast: Daniela Maia
Edição de vídeo: Daniely Nobre
Vinheta: Fernanda Fusco
Efeitos sonoros: FreeSound.org
Trilha sonora: Daily Beetle (Kevin MacLeod - Incompetech)

Um comentário:

https://1.bp.blogspot.com/-6XvqrgRUtmE/XpAnsq0hy8I/AAAAAAAAOMM/XQaf2shwZRQ_UjLVPe3AFHYV0yisWRzRACLcBGAsYHQ/s1600/footer2.png