23 julho 2020

Isogravura no isopor

A arte é uma importante ferramenta para que a criança consiga expressar emoções ou sensações, além de despertar o senso crítico, o gosto pela beleza e organização. Através da arte, a observação, percepção e a imaginação criadora são estimuladas.  Por isso, apresentar esse universo para os (as) pequenos(as) é muito importante.


Uma forma lúdica e fácil para apresentar o mundo das artes para os pequenos é a isogravura, técnica contemporânea de impressão inspirada na xilogravura. Para quem não conhece, a xilogravura é basicamente um carimbo de madeira e também um dos métodos mais antigos de impressão. Mas como a arte se transforma de acordo com a necessidade e os materiais a sua volta, a xilogravura passou a ser combinada com outros elementos criativos e ganhou nova versão, como a isogravura, impressão feita com isopor.

A técnica de impressão com isopor é fácil e divertida para ser feita com as crianças e, o melhor, você pode aproveitar as bandejas de isopor usadas que vem junto com frios, doces e afins. O bom é que com a isogravura você ensina arte para as crianças e ainda dá uma nova finalidade para sua velha bandejinha de isopor.

Você vai precisar:
Materiais:
1. Bandeja de isopor (aquela que vem com alimentos no supermercado);
2. Folhas de sulfite ou outros suportes;
3. Rolinhos de pintura, pincel ou esponjas;
4. Lápis preto ou caneta;
5. Tesoura sem ponta;
6. Tinta guache de diversas cores;



Vamos lá: 
1. Recorte as bordas da bandeja, pois você só vai usar a parte plana. 
2. Desenhe, forçando o lápis até afundar o isopor. 
3. Ajuste as bordas da placa, para que o desenho fique com uma moldura bonita
depois de estampado.
4. Escolha a cor da tinta e passe com o rolinho na placa de isopor, cobrindo bem
toda a superfície.
5. Coloque a folha de papel sobre o isopor, fazendo pressão sobre a folha para transferir o desenho.
6. Retire a folha com cuidado para não borrar o desenho. Espere secar e está pronto!




Desafio #1: Continue deixando marcas

Aprendemos que a isogravura é uma forma contemporânea de impressão. Você sabia que é possível imprimir (carimbar) muitas outras formas por aí? Que tal carimbar com uma batata ou pimentão? Ficou curiosa(o)? Clique aqui e descubra muitas possibilidades de carimbo naturais. Não deixe de conferir e viver essa experiência. 

Assim como todas as nossas propostas aqui no blog, os desafios não são de caráter obrigatório e nem precisam ser realizados em um mesmo dia, são sugestões para dar continuidade a temática abordada, para diversificar a rotina, mantermos a nossa conexão com a escola e que podem ser complementadas de acordo com suas necessidades!

Não se esqueça de fazer filmagens, tirar fotografias e enviar via WhatsApp! Vocês podem também nos encontrar no Google Classroom (para aprender a acessar, clique aqui)! Convidamos todas e todos a preencher o nosso questionário: ele nos dará pistas para descobrir como poderemos auxiliá-los neste momento tão complicado!

Roteiro, texto e seleção de materiais: Carla Bregola
Edição de vídeo e vinheta: Fernanda Fusco
Efeitos sonoros: FreeSound.org
Trilha sonora: Daily Beetle (Kevin MacLeod - Incompetech)

2 comentários:

https://1.bp.blogspot.com/-6XvqrgRUtmE/XpAnsq0hy8I/AAAAAAAAOMM/XQaf2shwZRQ_UjLVPe3AFHYV0yisWRzRACLcBGAsYHQ/s1600/footer2.png