12 agosto 2020

ARTESANATO INDÍGENA: CONFECÇÃO DE COLAR COM MACARRÃO

A arte indígena está presente na essência do povo brasileiro, sendo um dos pilares para a cultura do país. Compreende as diversas maneiras dos povos indígenas expressarem a sua identidade. Cada grupo indígena possui comportamentos e costumes próprios que as diferenciam umas das outras. Logo, isso também interfere na maneira como eles produzem sua arte.

Existem centenas de etnias indígenas no Brasil. Cada uma delas é detentora de crenças e costumes diferentes, por conta do desenvolvimento de costumes próprios. Dessa forma, a arte indígena brasileira guarda aspectos individuais de cada grupo. Ela está expressa na pintura corporal do indígena, nas plumagens que eles usam sobre a cabeça, na arte em cerâmica, nas cestarias feitas de palhas, nas máscaras, nos colares e brincos e até mesmo nas danças e rituais. Vale lembrar que a utilização de partes das plumagens dos animais no artesanato é exclusiva dos povos indígenas, mas sua comercialização é proibida. 


Para desenvolver a arte, os indígenas também fazem uso de outros elementos complementares, como a madeira, miçangas, palmas, sementes, cipó, couros, ossos, casaca de coco, dentes, conchas, garras, etc.
Em muitos grupos indígenas, o artesanato é uma atividade de caráter familiar em todas as etapas da produção, desde a coleta da matéria-prima até o acabamento final e a comercialização, assim como antigamente eram ensinadas às crianças as diferentes formas de sobrevivência na floresta e matas que viviam, agora elas acompanham a família na coleta de matéria-prima, na produção e na comercialização. Na proposta de hoje vamos confeccionar um colar, objeto muito usado pelos povos originários.


Colar de macarrão

Você vai precisar:

Macarrão cru 
Álcool 
Corante alimentício ou tinta guache 
Saco plástico 
Barbante
Bandeja de isopor




Primeiro vamos tingir o macarrão

1 colher de álcool
Corante alimentício ou tinta guache (quantidade livre)
Macarrão cru
1 saco plástico
Bandeja de isopor

Preparando
Coloque o macarrão cru dentro do saco plástico, acrescente o álcool e misture. Coloque algumas gotas do corante misturando bem até a cor ficar uniforme Deixe o saco fechado por 10 minutos. Após esse processo despeje o macarrão já colorido em uma bandeja de isopor ou papel e aguarde a secagem.
Feito isso, vamos confeccionar nosso colar. Peguem barbante e coloquem o macarrão já colorido no mesmo, depois amarrem. PRONTINHO!! Agora é só usar nosso lindo colar indígena.

Desafio #1: Colar com sementes

Veja mais uma possibilidade de confecção de um colar, agora com sementes.

 


Museu Xingu
é um museu privado localizado em São Paulo com uma coleção composta de artefatos indígenas que antes pertenciam ao antropólogo Orlando Villas Bôas. Criado em 2012, o museu reúne objetos realizados com pena, argila, madeira e fibra. O destaque do acervo é uma panela Tsak-Tsak, para cozinhar a vapor. Endereço : R. José Maria Lisboa, 838 - Jardim Paulista, São Paulo - SP, 01423-002. Telefone :  (11) 5522-4440

Desafio #2: Artesanato

Conheça um pouco do artesanato indígena.


Assim como todas as nossas propostas aqui no blog, os desafios não são de caráter obrigatório e nem precisam ser realizados em um mesmo dia, são sugestões para dar continuidade a temática abordada, para diversificar a rotina, mantermos a nossa conexão com a escola e que podem ser complementadas de acordo com suas necessidades!

Não se esqueça de fazer filmagens, tirar fotografias e enviar via WhatsApp! Vocês podem também nos encontrar no Google Classroom (para aprender a acessar, clique aqui)! Convidamos todas e todos a preencher o nosso questionário: ele nos dará pistas para descobrir como poderemos auxiliá-los neste momento tão complicado!

Roteiro, texto, seleção de materiais: Carla Bregola
Edição de vídeo e vinheta: Fernanda Fusco
Efeitos sonoros: FreeSound.org
Trilha sonora: Daily Beetle (Kevin MacLeod - Incompetech)

Um comentário:

https://1.bp.blogspot.com/-6XvqrgRUtmE/XpAnsq0hy8I/AAAAAAAAOMM/XQaf2shwZRQ_UjLVPe3AFHYV0yisWRzRACLcBGAsYHQ/s1600/footer2.png