24 novembro 2020

De volta à África: Visitando a Nigéria

E aí, galera! Tudo bem com vocês? O que vocês têm achado das nossas últimas viagens ao redor do mundo? Nas últimas duas semanas nós passamos pelo continente asiático, pela Europa, América Latina e conhecemos até outros lugares daqui do nosso país, o Brasil! Hoje nós vamos voltar para o continente africano e visitar a Nigéria com a professora Fernanda F.: vamos conhecer os povos iorubá e igbo; as máscaras gueledé; a autora nigeriana Chimamanda Ngozi Adichie; um prato chamado Asaro; e aprenderemos a jogar o igba-ita, muito popular entre o povo nigeriano. Fique com a gente até o final!

A Nigéria é um país que está localizado na África Ocidental e é banhado pelo mesmo oceano que o Brasil: o Oceano Atlântico! Sua língua oficial é o inglês, mas existem povos no país que falam muitos outros idiomas como os igbo e os iorubá - alguns dos maiores grupos étnicos africanos. Esses dois povos se diferenciam tanto pela língua que falam quanto por seus costumes, histórias, religiões, culturas, culinária, roupas...

Assim como todas as nossas propostas aqui no blog, os desafios não são de caráter obrigatório e nem precisam ser realizados em um mesmo dia; são sugestões para dar continuidade a temática abordada, para diversificar a rotina, mantermos a nossa conexão com a escola e que podem ser complementadas de acordo com suas necessidades!

App Asa Yorùbá 101
Desafio #1: O povo iorubá, as máscaras gueledé e o idioma


Os iorubá, também conhecidos como iorubanos, são um grupo étnico da África Ocidental, correspondendo a aproximadamente 21% da população total da Nigéria. Uma tradição artística entre os iorubás, por exemplo, são as máscaras Gueledé: a professora Laís já trouxe uma proposta aqui no blog de confecção de máscaras - e vocês podem retomar com inspiração nas máscaras do povo iorubá. Com sua chegada ao Brasil a partir de 1500, os iorubás também construíram a nossa cultura: eles trouxeram o candomblé, uma religião que até 2012 tinha aproximadamente 50 mil seguidores em nosso país. Para conhecer um pouco do idioma iorubá, indicamos os aplicativos para celular Yoruba 101 e Yoruba 101 Ikini, disponíveis no Google Play!

Desafio #2: O povo igbo, Chimamanda, asaro e igba-ita

Chimamanda Ngozi Adichie, autora conhecida pelo mundo inteiro, nasceu na Nigéria e vem de uma família igbo. Desde muito pequena, gostava muito de ler: lia tudo o que via pela frente! Com sete anos de idade, começou a escrever suas próprias histórias e, adulta, viajou pelo mundo para contá-las. Dentre suas pautas, denuncia o racismo e defende a igualdade entre os gêneros. Pra gente grande, indicamos a palestra O perigo de uma história única, do TEDx:

Um prato típico muito consumido pelo povo igbo, e que a autora Chimamanda sempre menciona em seus livros, é o asaro! Seu ingrediente principal é o cará e o asaro pode ser degustado como sopa ou como mistura. A receita é muito simples: a youtuber nigeriana chamada Lola (clique aqui para acessar) ensina a cozinhar (em inglês) e segue abaixo a transcrição, adaptando para os ingredientes que encontramos no Brasil:


Ingredientes

  • Cará (caso não encontrar, você pode substituir por inhame)
  • Tomate
  • Cebola
  • Pimentão
  • Alho
  • Azeite de dendê
  • Caldo de peixe ou legumes
  • Temperos (baiano, páprica, cúrcuma, cheiro verde, pimenta do reino, etc.)
  • Sal
  • Opcional: pedaços de peixe, camarões ou outros frutos do mar

Modo de preparo

  1. Após descascar o cará e cortar em pedaços médios, lave bem (para evitar que fiquem marrom) e cozinhe em água por aproximadamente 15 minutos, até que fiquem macios;
  2. Pique os tomates, alho, pimentões e cebola e, em uma panela separada, refogue-os em azeite de dendê (ou outro óleo, caso preferir). Misture esse refogado à outra panela quando o cará estiver macio, mexendo bem para incorporar todos os ingredientes;
  3. Adicione o restante dos temperos e deixe cozinhar em fogo baixo por mais 15 minutos, para reduzir o caldo. Após esse período, para complementar o sabor, pode adicionar pedaços de peixe, camarão ou outros frutos do mar;
  4. Amasse grosseiramente os pedaços de cará. Caso preferir degustar como sopa, pode bater no liquidificador ou com um mixer. Para degustar como mistura, pode servir com arroz de coco e banana da terra frita.

Uma brincadeira muito popular entre o povo ibgo se chama igba-ita, e vocês podem jogar em casa utilizando conchas, pedrinhas com um lado marcado, moedas ou até tampinhas de garrafa - o importante é utilizar materiais que tenham dois lados diferentes para jogar. Para começar, vocês precisam fazer as suas apostas: então, cada jogador coloca uma de suas conchas no centro, formando um bolo de apostas. O primeiro desafiador pega suas quatro conchinhas e joga: ele ganha se as quatro conchas estiverem pra cima, pra baixo ou duas pra cima e duas pra baixo. Se ganhar, ele pega as conchas que estavam no bolo, todos os jogadores fazem novas apostas e ele joga novamente. Se ele perder, o bolo continua no lugar e ele passa a vez para o próximo jogador. Sai do jogo quem tiver menos que quatro conchas em sua coleção e ganha aquele que tiver mais.

Desafio #3: Bino & Fino, uma animação nigeriana, e músicas contemporâneas

Um desenho muito popular entre as crianças nigerianas e cheio de representatividade é Bino & Fino. De acordo com o blog Leiturinha, ele "retoma  épocas e impérios do continente africano dos quais pouca informação chega até nós, ainda hoje". Além disso, discute também alguns papéis de gênero: na animação logo abaixo, meninas também jogam futebol!

Disponibilizamos também, na playlist abaixo, algumas músicas de artistas nigerianos da atualidade! Confiram!

E nossa viagem para a Nigéria termina por aqui! E aí, o que vocês acharam? Não esqueça de deixar o seu comentário aqui no blog e compartilhar suas fotos e vídeos através do Google Classroom e de nossa linha de transmissão do Whatsapp! Amanhã viajaremos novamente para o Japão com a professora Arline Midori!

Texto, roteiro, seleção de materiais, vinheta e edição do vídeo: Fernanda F.
Efeitos sonoros: FreeSound.org

Nenhum comentário:

Postar um comentário

https://1.bp.blogspot.com/-6XvqrgRUtmE/XpAnsq0hy8I/AAAAAAAAOMM/XQaf2shwZRQ_UjLVPe3AFHYV0yisWRzRACLcBGAsYHQ/s1600/footer2.png