07 dezembro 2020

JALAPÃO – Paraíso, brasileiro sim senhor!

Olá crianças, olá famílias. Hoje vamos com a professora Daniely Nobre nesta que será a última vigem juntos(as) no ano de 2020 aqui em nosso blog. A escolha desse último roteiro é muito especial, vamos conhecer um lugar lindo, aliás um dos mais lindos do território brasileiro, espetacular em sua diversidade de belas paisagens naturais e um dos que a professora Dany mais quer conhecer. Um fato curioso é que ainda poucos brasileiros o conhecem e por isso, quando escutam seu nome, pensam se tratar de algum lugar muito, muito longe daqui do Brasil. Bem-vindos ao Jalapão! Magnífico por natureza. Quando pensamos em viagens pelo Brasil, sempre vem a cabeça a famosa música de Jorge Bem Jor...
“Moro num país tropical
Abençoado por Deus
E bonito por natureza”

E quando pensamos nessa música, é fácil, fácil nos lembrarmos dos lugares incríveis do nosso país, especialmente o Jalapão. Agora vamos descobrir mais e mais curiosidades sobre esse lugar incrível. Você também vai "babar" com as imagens, temos certeza. Vamos dar uma passadinha nos principais presentes que a Natureza nos oferece lá no Jalapão?


Que nosso país é repleto de lugares incrivelmente bonitos, já sabemos. E entre tantos lugares lindos, alguns ainda são pouco conhecidos e, por isso mesmo, ainda muito preservados. É o caso do Jalapão, onde a natureza é generosa demais no quesito beleza e diversidade e os seres humanos ainda pouco interferiram em sua estrutura. E que saibam continuar com esse cuidado, mesmo que a região se torne cada vez mais conhecida. Pois todos merecemos saber que aqui pertinho de nós existe um paraíso desta magnitude. 
O Jalapão é uma região muito grande, localizada no extremo leste do estado do Tocantins. Essa região é formada por oito municípios e inclui o Parque Estadual do Jalapão, unidade de conservação integral da natureza. A geografia do lugar é bem variada. Lá você encontra chapadões, diversas cachoeiras e fervedouros, dunas, trilhas, cânions, rios, lagoas e o cerrado, com sua vegetação e fauna específicas. Para quem quer desbravar o lugar visitando-o pessoalmente, é aconselhado acompanhar guias profissionais e com carro 4x4 pois há muita areia fofa pelas estradas, então o acesso aos diversos pontos turísticos não é moleza não. Mas todos que já visitaram dizem valer demais a pena cada esforço. E por tudo o que já vimos, assistimos e ouvimos, podemos perceber que é verdade! 
Os fervedouros, piscinas naturais de águas cristalinas que, dependendo da cor da areia, da vegetação em volta ou da incidência de luz do sol, nos parecem de um azul ou verde muito claros e de beleza ímpar são paradas obrigatórias para quem visita o Jalapão. O fenômeno do “fervedouro” é a grande pressão que vem do solo e temos a impressão de que a água está fervendo devido as bolhas que se formam na areia ao que enxergamos como fundo da piscina. Mas na verdade, o fundo é bem mais abaixo e a temperatura da água não tem nada de fervente. É fresca, muito agradável e, incrivelmente, você nunca afunda, justamente pela pressão que a água faz para cima. Você vai flutuar sem esforço nenhum enquanto estiver lá dentro. São pequenos oásis no meio da vegetação preservada. 
Entre as muitas cachoeiras, as mais conhecidas são a Cachoeira da Velha, que está localizada dentro do Parque Estadual do Jalapão e a qual só podemos admirar e não nos banhar pois as quedas d’água são muito altas e fortes, oferecendo um maravilhoso espetáculo. Para quem gosta de aventura e esportes radicais, nas águas desta cachoeira há a prática do rafting. E a cachoeira da formiga, onde sim, podemos nadar já que tem uma pequena queda d’água. Mas que forma uma deslumbrante piscina de coloração verde esmeralda. 
Se quiser presenciar nascer e pôr do sol inesquecíveis, deve visitar o alto da Serra Do Espirito Santo, onde você tem uma visão geral de grande parte do Jalapão com uma perspectiva de tirar o fôlego. E a erosão das rochas de arenito que formam essa serra nos oferecem outra visão espetacular: As dunas do Jalapão! Ao pôr do sol, são de uma coloração dourada e fascinante. Do alto das dunas você vê um verdadeiro deserto formado em meio ao cerrado do Tocantins. Incrível! A ação dos ventos e chuvas também produziram outros lugares fantásticos por lá, como a Pedra Furada, a gruta da lagoa do japonês e cânion do Sussuapara. 
Uma lembrança que todos trazem de lá é o artesanato feito com capim dourado, muito comum na região e a maior parte produzida na comunidade quilombola Mumbuca. Bom, trouxemos para vocês apenas um gostinho do que é o Jalapão, brasileiro, preservado, paradisíaco. Se quiser apreciar muitas imagens lindíssimas e que te farão se apaixonar completamente pela região, visite este link do site Melhores Destinos, onde você encontra álbuns de fotos fantásticos de cada ponto turísticos e muitas dicas excelentes de viagem para lá. 

Desafio#1 Pra gente grande

Agora, mudando um pouco de assunto, mas ao mesmo tempo não mudando, quando pensamos em Jalapão pensamos em esculturas feitas pela própria natureza e a grande diversidade das formas de relevo que existem. Mas tudo presente em uma só região.  Mas a erosão também pode causar danos e tragédias. Quer relembrar ou entender melhor o que é o relevo ou como se formam as belezas naturais como as do Jalapão?


Desafio#2 Para gente pequena



As esculturas naturais e os tipos de relevo são resultado da ação dos ventos e chuvas, da erosão, durante milhares de anos. Existem “esculturas naturais” impressionante espalhadas pelo mundo todo! Então podemos dizer que o vento e a chuva fazem mágica na natureza? Deixamos por aqui neste link algumas "esculturas naturais" para todo mundo apreciar e se encantar. 

Desafio#3 O super desafio

Pra quem gosta de não só apreciar conteúdos, mas também colocar mão na massa, lembram das famosas maquetes de formas de relevo? Muita gente grande aí deve ter produzido uma em sua época na escola. Então, segue a dica de duas que achamos lindas e com certeza a professora Dany vai usar de inspiração para tentar produzir uma lá na sua casa com a sua filhota e assim ajudar a entender melhor como existem lugares tão incríveis como os que ela descobriu no Jalapão. E com as crianças, quando enfim estivermos botando a mãozinha na massa juntos, lá na escola, não será diferente. 

Clique aqui e veja outra forma de construir sua maquete

Foi um imenso prazer levar vocês comigo em todas essas viagens! Continuem viajando para onde escolherem e espero podermos nos encontrar logo e batermos muito papo sobre todas as descobertas que fizemos juntos e outras tantas que virão.  

Assim como todas as nossas propostas aqui no blog, os desafios não são de caráter obrigatório e nem precisam ser realizados em um mesmo dia, são sugestões para dar continuidade a temática abordada, para diversificar a rotina, mantermos a nossa conexão com a escola e que podem ser complementadas de acordo com suas necessidades!

Não se esqueça de fazer filmagens, tirar fotografias e enviar via WhatsApp! Vocês podem também nos encontrar no Google Classroom (para aprender a acessar, clique aqui)! Convidamos todas e todos a preencher o nosso questionário: ele nos dará pistas para descobrir como poderemos auxiliá-los neste momento tão complicado!

Roteiro, texto, seleção de materiais e edição de vídeo: Daniely Nobre
Vinheta: Fernanda Fusco
Efeitos sonoros: FreeSound.org
Trilha sonora: Daily Beetle (Kevin MacLeod - Incompetech)

Um comentário:

  1. Amamos conhecer o Jalapão !!! Não fazíamos noção de tão belo e paradisíaco que este lugar ! Vai para a nossa lista de sonhos a ser realizado ! Muito obrigada por ter compartilhado este paraíso conosco . Beijos 😘

    ResponderExcluir

https://1.bp.blogspot.com/-6XvqrgRUtmE/XpAnsq0hy8I/AAAAAAAAOMM/XQaf2shwZRQ_UjLVPe3AFHYV0yisWRzRACLcBGAsYHQ/s1600/footer2.png